quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Recebi uma dádiva do Duarte-dos-Bálticos, que foi o endereço do Myspace do Jorge Cruz (clique com o botão direito do rato, abrir numa janela nova, para que possam ouvir enquanto continuam a ler).

Tão bom ouvir cantar e cantar em português.
No domingo meti-me no carro e fui ouvir o concerto de apresentação do álbum Poeira na FNAC do Norteshopping. Ainda com os lábios à Angelina Jolie, da cirurgia, e com os químicos todos no corpo, alto programinha, ir pró shopping em domingo de saldos. Mas lá, quando me sentei mesmo à frente dele e, palavras com som, as deixei entrar em mim, que bom. Apeteceu-me chorar.

*[Anda Menina] ninguém ensina o amor ou o silêncio quando houver espaço eles vão morar em ti
Primeiro: Não é que esta música tenha sido a melhor opção de arranque, até porque me irrita um bocado tanta ternura, mas permitiu desfocalizar do som para conhecer o artista dos 6 instrumentos e o seu fantástico “one man show”: guitarra acústica, guitarra eléctrica, harmónica, pandeireta, maracas, voz, real-time samples.

*[Canção da tua Rua] ando a ver se te descubro noutro corpo num qualquer
Segundo: Eu gosto de homens que não têm vergonha de serpentear o tronco.

* [Adriana] mas se te vejo Adriana eu quero ir eu quero ir eu quero ir eu quero ir atrás de ti, eu quero ver-te no meu espelho para intimidar-te com o meu olhar e confessar-te que foste eleita para eu me dar
Terceiro: Gosto do uivo do Jorge Cruz a querer muito ir atrás dela, Adriana. Dá-me vontade também… e bato com o pé, faço ondas com os ombros, baloiço a cintura e dou aquela sequência de berros suspirados “eu quero ir eu quero ir eu quero ir”, e quero tanto.

*[Canção desta Cidade] só quero fugir desta cidade talvez transplantar o coração
Quarto: A temática da fuga e das vontades é uma constante, e nesta grande balada é contagiante. Achei fenomenal o transplante da viagem.

*[Nada] nada te empurra nada se ri quando te esmurra nada te chefia nada te guia nada te ofende ou te desvia nada te pára tu és a escala a mão que embala
Quinto: fiz uma maluquice, comprei o cd, não me arrependo, obrigada Duarte :)

0 bitaites:

Enviar um comentário

 

Copyright 2006 | Template cedido por GeckoandFly e modificado e convertido para Blogger Beta porBlogcrowds.
Muito obrigada :) Se queres conteúdo reproduzir, basta pedir!