1 bitaites sexta-feira, 7 de maio de 2010


Acredito na liberdade de expressão: na protecção do direito de falar e do direito de ouvir. Acredito no acesso universal às ferramentas de expressão.

Sempre com isso em mente, faço parte de uma comunidade que procura capacitar toda a gente que quer exprimir-se a ter os meios para o fazer – e toda a gente que quer conhecer essas expressões a ter os meios para as ouvir.

Graças às novas ferramentas existentes, as formas de expressão não mais precisam de ser controladas por aqueles que detêm os meios de publicação e de distribuição, ou por governos que restringem a liberdade de pensamento e de comunicação. Hoje, qualquer pessoa pode experimentar o poder da imprensa. Todos podem contar as suas histórias ao mundo.

Nesta comunidade, construímos pontes entre os abismos culturais e linguísticos que dividem as pessoas almejando uma mais profunda compreensão mútua. Procuramos trabalhar em conjunto de uma forma efectiva e agir com energia.

Acreditamos no poder da comunicação directa: laços pessoais, políticos e poderosos entre indivíduos de mundos diferentes. Acreditamos que é essencial manter diálogos transversais às fronteiras na construção de um futuro livre, justo, próspero e sustentável – para todos os cidadãos deste planeta.

Enquanto continuamos a trabalhar e a falar como indivíduos, também procuramos identificar e promover os nossos interesses e objectivos comuns. Comprometemo-nos com empenho a respeitar, apoiar, ensinar, aprender e ouvirmo-nos uns aos outros e uns com os outros.

É isto o Global Voices e o respectivo manifesto que adaptei para português de Portugal. (Podem ler aqui em inglês e aqui em português do Brasil.) O que aqui, à Sudamerica, me traz é o Global Voices Citizen Media Summit.

2 bitaites quinta-feira, 6 de maio de 2010


Quero saber se vens comigo
a não andar e não falar,
quero saber se ao fim alcançaremos
a incomunicação; por fim
ir com alguém a ver o ar puro,
a luz listrada do mar de cada dia
ou um objecto terrestre
e não ter nada que trocar
por fim, não introduzir mercadorias
como o faziam os colonizadores
trocando baralhinhos por silêncio.
Pago eu aqui por teu silêncio.
De acordo, eu dou-te o meu
com uma condição: não nos compreender.

Pablo Neruda

1 bitaites

- Pois não?
- Há alguma coisa neste sítio...
- Oi? Sítio é do pica pau amarelo!
- Falo da forma como as ruas estão dispostas em Ipanema e das correntes de ar que por ali passam, maravilhosa e harmoniosamente...
- Deus me perdoe! Acorrentado é só no morro.
- Galáxias de luz é no que as favelas do morro se transformam quando cai a noite sobre elas, deixando a descoberto o camuflado que durante o dia as escondeu.
- Rapaz! Com essa conversa tô vendo que o “dia do fico” é para todos os portugueses e não só o cara, Pedro, que disse daqui não saio quando a família real lá no Portugal lhe disse meu amigo é hora de voltar. E aí esse tal de rei gritou ao Ipiranga, daqui não saio! tem Copacabana, tem prainha gostosa, os passeio na Tijuca, tanta fruta tropical...
- Fico, fico sim, com a textura do mar feito leite de côco suave na pele e os pés enfiados na areia que sentem latejante a pulsação da terra, viva, cachoeiras imitadas pelas copas das árvores de folha perene, sombra, abrigo do castanheiro de fernando pó, há quem lhe chame chapéu de sol, e as pessoas são livres, os banhos não ferem susceptibilidades, e se há crime e roubo é para nos lembrar que no paraíso anda tudo é de mãos abertas e bolsos vazios. Há vida aqui, há espaço para o improviso da vida.
- Eu, hein! Dessa vida, moça, cê só leva a vida que se leva.
- Levo o samba comigo, deixando-o aqui, é que “o mundo passa por mim todos os dias enquanto eu passo pelo mundo uma vez.”

6 bitaites segunda-feira, 3 de maio de 2010


Deveríamos fazer do comum algo de extraordinário e então nos surpreenderíamos descobrindo que está muitas vezes perto de nós a fonte de prazer que buscamos em algum lugar distante e difícil. Estamos muitas vezes a ponto de pisar na maravilhosa utopia mas acabamos a olhar por cima dela com o nosso telescópio.
Ludwig Tieck

 

Copyright 2006 | Template cedido por GeckoandFly e modificado e convertido para Blogger Beta porBlogcrowds.
Muito obrigada :) Se queres conteúdo reproduzir, basta pedir!