terça-feira, 31 de março de 2009


Foi por vontade de Deus
que eu vivo nesta ansiedade.
Que todos os ais são meus,
Que é toda a minha saudade.
Foi por vontade de Deus.

Que estranha forma de vida
tem este meu coração:
vive de forma perdida;
Quem lhe daria o condão?
Que estranha forma de vida.

Coração independente,
coração que não comando:
vive perdido entre a gente,
teimosamente sangrando,
coração independente.

Eu não te acompanho mais:
pára, deixa de bater.
Se não sabes onde vais,
porque teimas em correr,
eu não te acompanho mais.
Amália Rodrigues


Mensagem para aquele de nome vício: voltei a usar brincos. Toma lá!

4 bitaites:

Abe Barreto Soares disse...

Ola Sarita,

Um blog interesante!

Best,
ABE

raquel disse...

LOL!!Adorei a parte final!

Anónimo disse...

Muito interessante. Eu planeio ir ver as festas da Páscoa à ILha das Flores. Viste alguma coisa da herança cultural lusa ?
Augusto Lança

Anónimo disse...

ihihih :) Gosto, especialmente do preguinho. Toma lá! :)


Bárbara

Enviar um comentário

 

Copyright 2006 | Template cedido por GeckoandFly e modificado e convertido para Blogger Beta porBlogcrowds.
Muito obrigada :) Se queres conteúdo reproduzir, basta pedir!